American Pit Bull Terrier




O American Pit Bull Terrier foi usado inicialmente como um cachorro de gado em fazendas e até como babá, mais tarde, infelizmente, foram utilizados nas lutas, para render dinheiro aos seus proprietário. É uma raça forte, robusta e dinâmica, possui muita auto confiança. Ostenta uma mandíbula poderosa, que lhe confere a fama de cachorro perigoso., na verdade o Pit Bull é um cachorro entusiasmado com todas as coisas e tem muita vontade de agradar sua família. É um cão de companhia notável e se da muito bem com crianças.

A grande preocupação com esses cães vêm crescendo a cada dia. Na Inglaterra, para se ter um cachorro desses é necessária a autorização da justiça. Nos EUA foi proibida a criação terminantemente em alguns estados e no Brasil, especificamente no Rio de Janeiro, eles só podem dar um passeio depois das 23 horas. E ainda mais, foi criada uma lei que proíbe a reprodução e a importação dessa raça e outras.

HISTÓRIA E ORIGEM DA RAÇA AMERICAN PIT BULL TERRIER

As origens do American Pit Bull Terrier são antigas e tem suas raízes no grupo dos Mastiffs,  que eram usados como guardiães na Inglaterra na Idade Média, pois possuíam um corpo muito forte  que eram capazes de parar a pessoa perseguida até a chegada do seu mestre, usavam eles para atacar touros na arenas. Os cachorros conseguiam facilmente evitar os coices, se agarram ao focinho e orelhas dos touros e ficavam nessa posição até que eles fossem derrubados. Era uma visão extremamente brutal que os nobres utilizavam para se distrair do terror das doenças daquela época. Mas por pressão da população e o governo teve que tomar a medida de retirar essa prática abusiva.

Depois o nome preferido para se referir a eles era Bulldog. Com o passar dos séculos, foram se cruzando com outros cães, inclusive os Terrier. Em 1829 o Bulldog já não corria mais o risco de ser motivo de preocupação. Infelizmente, neste período, houve uma proliferação de arenas clandestinas onde se faziam lutas de cães contra cães. E começaram a procurar desenvolver um cão mais ágil e rápido. Assim nasceu o Bull Terrier, no final do século o American Pit Bull Terrier era robusto e ágil apesar de suas diferentes cores e tamanhos diversos traírem suas origens.

No final dos anos de 1800 existiam dois tipos diferentes de cães que eram ambos nascidos a partir da Bull Terrier um primeiro, apropriado para exposições, foi chamado English White Terriers  e  o outro cão era o Pit Bull Terrier, que foi utilizado a arena de combate.

Conforme os anos passaram alguns americanos forçaram o reconhecimento da raça, a fim de melhorar a reputação negativa que os seguia. Então, em 1936, o AKC reconheceu alguns American Pit Bull Terrier nomeando-os American Staffordshire Terrier. A partir de então esta raça foi dividida.

TEMPERAMENTO E COMPORTAMENTO DO AMERICAN PIT BULL TERRIER

É uma raça muito divertida, protetora e muito especial e admirado por quem desfruta da sua companhia. É excelente para quem tenha tempo para dedicar e deseje receber o carinho de um animal fiel e amigável. É um cachorro que adora realizar tarefas, mesmo que não pareça. Não é um bom cachorro de guarda porque geralmente é amigável com estranhos.

São muito inteligentes, aprendem as coisas que lhe ensinam facilmente. São ótimos companheiros para crianças, sendo muito paciente e tolerante, acabam se tornando um grande companheiro para os pequenos, pois tem muita energia para brincadeiras.

Deve-se socializar esses cães desde pequenos, pois são robustos e fortes e se não se como costumam com outros pets desde cedo podem ter problemas na vida adulta.

Possuem uma grande agilidade, são musculosos, corajosos, e muito rápidos, tem uma expressão muito séria, mais são doceis. Costumam se apegar a somente um dono na familia e esta pessoa será o seu único pensamento ao longo de sua vida.

Eles também são habilidosos escaladores, portanto nem pense em colocá-los em cercas ou muros baixos. Não é normal da raça ter um comportamento agressivo com os seres humanos. São extremamente inteligentes e se saem muito bem em eventos de performance.  Ele está dentre as raças mais dóceis menos propensas a atacar alguém.

APARÊNCIA FÍSICA DO AMERICAN PIT BULL TERRIER

O American Pit Bull Terrier é um cão de porte médio, de construção sólida, pelagem curta, musculatura bem definida. Esta raça é poderosa e atlética.

O corpo é levemente mais longo que alto, sendo que as fêmeas podem ser um pouco mais longas que os machos. A cabeça é de comprimento médio, com o crânio chato e o focinho largo e profundo. As orelhas são de tamanho pequeno para médio, inseridas altas. A cauda relativamente curta é inserida baixa, grossa na base e afilando em direção à ponta. O corpo possui mais comprimento do que altura e as fêmeas costumam ser mais longas que os machos.

O focinho é largo, profundo, com um afilamento muito suave indo do stop para a trufa, sendo mais curto do que
o comprimento do crânio. A mandíbula é bem desenvolvida, larga e profunda. Os lábios são secos e bem ajustados. Os olhos são tamanho médio, redondos ou amendoados, inseridos bem afastados entre si, profundos no crânio. Todas as cores são igualmente aceitáveis, exceto o azul.

COR E PELAGEM DO AMERICAN PIT BULL TERRIER

A pelagem lisa e brilhante do American Pit Bull Terrier é bem assentada ao corpo e moderadamente áspera ao toque. Podem se apresentar em todas as cores e marcações, qualquer cor ou distribuição de cores, bem como qualquer combinação são igualmente aceitas, exceto o merle.

CUIDADOS, SAÚDE E BEM ESTAR DO AMERICAN PIT BULL TERRIER

Não costumam apresentar muitos problemas de saúde. Por possuir pelo curto, não são exigidos grandes cuidados com a pelagem. No entanto se faz necessário escova-lo por até 2 vezes na semana, quando a troca de pelo estiver acontecendo, é necessário uma escovação com maior frequência.

Necessitam de passeios diários de 3 a 4 horas, no mínimo. Combinar os passeios com exercício é uma boa prática para fortalecer a sua musculatura e mantê-lo relaxado dentro de casa. Os seus níveis de energia são altos e o tutor deve ter isso em conta assim que o adotar.

Podem desenvolver alergias causadas ​​por agentes alérgenos ambientais como pulgas, grama ou pólen. Também podem apresentar hipotireoidismo, na fase de meia idade, que podem levar a problemas reprodutivos, queda de pelo, ganho de peso. Podem também desenvolver alguns problemas cardíacos e displasia coxo femoral.

Os dentes devem ser escovados pelo menos, duas ou três vezes por semana para remover o acúmulo de tártaro e de bactérias, diariamente seria muito melhor.

Mantenha o seu cãozinho em boa forma, medindo sua comida e alimentando duas vezes por dia em vez de deixar comida exposta o tempo todo. Se não tiver certeza se ele está acima do peso faça o teste do olho, primeiro, olhe para ele, você deve ser capaz de ver uma cintura. Em seguida, coloque as mãos nas costas, polegares ao longo da coluna vertebral, com os dedos abertos para baixo. Você deve ser capaz de sentir, mas não ver suas costelas sem ter que pressionar muito. Se você não puder, ele precisa de menos comida e mais exercício. Sempre consulte o seu veterinário para que o profissional acompanhe a alimentação de seu animal.

As unhas devem ser aparadas uma ou duas vezes ao mês, caso não forem gastas naturalmente, se você ouvir suas unhas batendo no chão, significa que elas estão longas demais. As unhas dos cães possuem artérias, se você cortá-las demais causará sangramento e o seu cão pode não querer cooperar nas próximas vezes. Por isso, se você não tiver experiência ou não se sentir confiante para a tarefa, procure ajuda profissional. Importante checar também suas orelhas pelo menos uma vez por semana e procurar por sujeira, vermelhidão ou mau cheiro que possam indicar infecções. Limpe-as semanalmente usando loção de de PH equilibrado para evitar maiores problemas.

Ao procurar por filhote dessa raça para a venda, deve-se agir de forma cautelosa, é preciso buscar um filhote em um canil especializado, se possível, e verificar de perto a procedência do animal.

PREÇO

O Valor varia de  R$1.500,00 a R$ 3.000,00

FOTOS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ficou com alguma dúvida sobre esta raça de cãozinho? Deixe sua pergunta nos comentários ou nos siga nas redes sociais através do Facebook.

 

Comentários

comentários