Boston Terrier




Os Boston Terrier se adaptam muito bem a todos ambiantes, desde apartamentos, casas pequenas até casas enormes, na cidade com passeios curtos ou longos. Se assemelha em aparência com o Bulldog Francês, mas de personalidade são bem diferentes.

É um cão muito inteligente, ágil, gentil, afetuoso e cheio de vida. Se dá bem com crianças, animais de estimação e praticamente com todos os que encontra, com seu olhar quente e muito expressivo, é um excelente companheiro. Ele é naturalmente bem educado e bem socializado.A maior aptidão dessa raça é ser cachorro de companhia e encher de carinho seus donos.

Apelidado de “o cavaleiro americano”, o Boston terrier é uma raça que surgiu nos Estados Unidos através de cruzamentos entre buldogues e terriers. O nome deriva da cidade de Boston, Massachusetts.

HISTÓRIA E ORIGEM DA RAÇA BOSTON TERRIER

O Boston Terrier é primeira raça canina totalmente gerada nos Estados Unidos, O desenvolvimento se deu em Boston, Massachusetts, no final de 1800, a partir do cruzamento do Terrier branco com o Bulldog Inglês. Os primeiros exemplares da raça chegaram a pesar cerca 20 kg, depois, foi realizado cruzamento com os cães da raça Bulldog Francês, o que acabou resultando em mudanças no tamanho e padrão da raça.

O Boston Terrier foi proclamado como mascote oficial de Massachusetts, em 1979, pelo governador Edward King, que tinha possuído um cão desta raça em sua juventude.

Em 1891, foi enviada uma solicitação para o American Kennel Club (AKC) para que o reconhecimento da raça fosse feito e autorizado a registrar suas cópias no livro genealógico da linhagem canina da sociedade na época, que se deu somente em 1893.  O Boston Terrier foi um dos primeiros cães não-esportivos criados nos Estados Unidos e foi o primeiro dos 10 feitos na America das raças atualmente reconhecidas pelo AKC.

O nome da raça foi dado graças a um jornalista e jornalista o Sr. H. Lacey, que sugeriu em um artigo seu publicado em um jornal local, que esta raça era nativa da cidade de Boston, então, por que não poderia ser chamada como Boston Terrier? E assim foi concedido.

TEMPERAMENTO E COMPORTAMENTO DO BOSTON TERRIER

Muito gentil, companheiro, amigo e amoroso é preciso muito esforço para irritar um Boston Terrier, mas quando ficam irritados não reagem. A raça se dá muito bem com crianças, idosos e são amigáveis com estranhos. Possui temperamento amigável e se adapta a qualquer ambiente. Por isso é a escolha ideal para quem vive em apartamento. Seu lugar preferido é junto de seus donos.

A única coisa que o Boston Terrier não gosta é de ficar sozinho. Se você passa fora o dia todo, essa raça não é adequada para você, pois é muito emocional e precisa de atenção e carinho. Caso se sinta ignorado, pode desenvolver um comportamento destruidor e até sofrer de ansiedade por separação.

No geral, eles gostam de uma caminhada diária e mesmo não sendo muito ativo adoram explorar. Devido ter o focinho curto, o que dificulta a respiração, ele pode acabar roncando ao dormir. E esta última característica tende a ficar ainda mais evidente na velhice do cão.

APARÊNCIA FÍSICA DO BOSTON TERRIER

Embora de porte pequeno, o Boston Terrier possui estrutura corporal forte, com boa ossatura e musculatura. Tem o cranio achatado na parte de cima, a testa é reta e o stop bem marcado. seu focinho é curto e quadrado, largo e alto, em harmonia com o crânio. Um leve prognatismo inferior dá ao queixo uma aspecto quadrado. Os olhos, largos e bem afastados, são arredondados e escuros. As pequenas orelhas são naturalmente eretas em forma de “V”, caídas para frente e rentes a bochecha. O pescoço, um tanto arqueado, porta a elegância da cabeça. O Boston Terrier é um cão sólido, de peito largo, de dorso curto, de garupa um tanto curvada na direção da implantação da cauda e de quadris musculosos. Ele se movimento com  passo bem ritmado, com os quatro membros movendo-se dentro de um alinhamento.  A cauda, curta e implantada baixo, bastante grossa na raiz afinando-se em direção a ponta, horizontalmente portada e sem curvar-se sobre o dorso. é ereta ou em forma de saca-rolha.  O pelo é curto, liso, brilhante e de textura fina.

COR E PELAGEM DO BOSTON TERRIER

Seu pelo é curto, liso, brilhante e de textura fina, a cor pode ser Tigrado, cor de foca ou preto com marcações em branco. Tigrado é preferido só se todas as outras qualidades forem iguais. (Nota: definição da cor de foca: parece
preta, exceto por ter um reflexo vermelho quando visto sob o sol ou luz brilhante).

CUIDADOS, SAÚDE E BEM ESTAR DO BOSTON TERRIER

O Boston Terrier precisa de caminhadas regulares e não necessita serem muito longas, um tempo de brincadeira ao ar livre ou alguns jogos já são suficientes para atender suas necessidades. Dentro de casa ele é um cão calma, não é agitado, perfeito para apartamentos e casas pequenas, definitivamente é um cão para dentro de casa e nunca devem deixá-lo do lado de fora. Essa é uma raça que não conseguem lidar com o calor ou frio muito bem.

Seu pelo é de fácil manutenção e não os perdem muito, e a escovação deve ser feita semanalmente. Para uns isso pode ser uma boa qualidade,o Boston não têm odor de cachorrinho e ele não deve precisar de banho com muitas frequência.

Por ser braquiocefálico, o Boston Terrier pode ter diversos problemas causados por esse fator, como a dificuldade de fazer a troca de ar, roncam e além disso, seus olhos ficam muito expostos, já que tem pouco focinho, facilitando para que tenham diversos problemas oculares. O problema ocular mais comum é a úlcera de córnea: 1 entre 10 Boston Terriers apresentam úlcera de córnea pelo menos uma vez na vida.

Predisposição à Doenças: Alterações oftálmicas, dificuldade respiratória em temperaturas extremas e hipertermia quando sob estresse, surdez congênita, luxação de patela, displasia do quadril, problemas com a cauda (tem ausência de cauda ou cauda “pra dentro”, ou ainda tem uma cauda muito enrolada) Isso pode trazer um sério problema. A cauda cresce ao contrário e para baixo, criando uma fenda que pode ser muito dolorosa e pode até infeccionar. Em casos severos, é preciso amputar a cauda. Em casos mais brandos, é importante manter a área limpa para garantir o conforto do cão.

Os dentes devem ser escovados pelo menos, duas ou três vezes por semana para remover o acúmulo de tártaro e de bactérias, diariamente seria muito melhor.

Mantenha o seu cãozinho em boa forma, medindo sua comida e alimentando duas vezes por dia em vez de deixar comida exposta o tempo todo. Se não tiver certeza se ele está acima do peso faça o teste do olho, primeiro, olhe para ele, você deve ser capaz de ver uma cintura. Em seguida, coloque as mãos nas costas, polegares ao longo da coluna vertebral, com os dedos abertos para baixo. Você deve ser capaz de sentir, mas não ver suas costelas sem ter que pressionar muito. Se você não puder, ele precisa de menos comida e mais exercício. Sempre consulte o seu veterinário para que o profissional acompanhe a alimentação de seu animal.

As unhas devem ser aparadas uma ou duas vezes ao mês, caso não forem gastas naturalmente, se você ouvir suas unhas batendo no chão, significa que elas estão longas demais. As unhas dos cães possuem artérias, se você cortá-las demais causará sangramento e o seu cão pode não querer cooperar nas próximas vezes. Por isso, se você não tiver experiência ou não se sentir confiante para a tarefa, procure ajuda profissional. Importante checar também suas orelhas pelo menos uma vez por semana e procurar por sujeira, vermelhidão ou mau cheiro que possam indicar infecções. Limpe-as semanalmente usando loção de de PH equilibrado para evitar maiores problemas.

Ao procurar por filhote dessa raça para a venda, deve-se agir de forma cautelosa, é preciso buscar um filhote em um canil especializado, se possível, e verificar de perto a procedência do animal.

PREÇO

O valor varia de R$ 3500 a R$ 6000

FOTOS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ficou com alguma dúvida sobre esta raça de cãozinho? Deixe sua pergunta nos comentários ou nos siga nas redes sociais através do Facebook e Instragram.

Comentários

comentários